20.4.16

COMPORTAMENTO: PESSOAS SEM NOÇÃO

Eu odeio encontrar pessoas que me falam que eu emagreci ou deveria emagrecer.

Me fale que meu cabelo está ótimo, que meus cachos estão incríveis, que eu estou uma graça, que meu perfume é uma delícia ou que meu batom é lindo.

Mas não me fale que eu emagreci ou deveria emagrecer, pois tenho o rosto bonito... e o resto do corpo não é!?!?!

Somente por não estar nos padrões de beleza!?

Sim, eu tenho problemas com a minha imagem, eu me sinto horrível ás vezes, me sinto mal por não encontrar roupas que condizem com a minha idade, então, ao invés de dizer que eu emagreci, experimente me falar que a blusa é linda, que a saia é ótima, que a legging me caiu bem.

Porque eu vou usar legging sim, e eu não me importo se ela é estampada, se é colorida, se é de lamê, se imita couro ou se ela marca o meu corpo.

E se houver reclamações e palpites sobre isso, usarei um cropped, cavado e decotado.

Vai ter braço gordo a mostra sim, vai ter decote nas costas sim, vai ter transparência sim, vai ter gorda com biquíni sim, vai ter gorda de saia curta sim, vai ter gorda de estampado, florido e listrado [na vertical, horizontal, transversal, diagonal] sim.

Sabe o que não vai ter? Lingerie bege!

Porque vai ter gorda com calcinha fofa, com calcinha de renda, com corset e com sutiã de bojo, tudo muito bonito sim.

Vamos ter mulheres gordas felizes e se amando e cada um vai cuidar da própria vida e do próprio corpo porque falar de uma gorda não te faz mais magro, nem mais bonito, mais inteligente ou mais bem sucedido.
Muito pelo contrário!Não venda um discurso de saúde mascarando teu preconceito.

Existem pessoas magras que não são saudáveis e existem pessoas gordas que são.


Simplesmente conforme-se! Aceita que dói menos.

Não olhe em nossos pratos quando estivermos comendo, não faça comentários imbecis quando optarmos por coisas naturais e saudáveis e não faça cara de nojo e desdém quando escolhermos fast foods recheados de calorias.

Faça a gentileza de abolir de seu vocabulário a palavra "gordice".
É ridículo associar comidas calóricas e pesadas apenas às pessoas gordas.
Isso é preconceituoso e cruel.

Existe toda uma romantização e uma fetichização com as gordas. Como se nós estivéssemos mesmo "em alta".

Mas, a gorda do catálogo também não me representa.

Ela não tem meu corpo, não tem estriar, nem celulites, nem as curvas...

Ela tem um corpo escultural, só que não é 42, né? É 48!

E apesar de tão grandes, somos invisibilizadas o tempo todo.

Sabe o que sobra? Um peso imenso!Mas não mais na balança, não mais no corpo e sim na sua ignorância de não aceitar as pessoas como elas realmente são. 
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© Fabiana Eggert - 2015. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: Cute Design.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo